Marketing digital para e-commerce: estratégias eficazes de aquisição e retenção de clientes

Saiba que metodologias de aquisição e retenção de clientes revelam maior eficácia para o e-commerce. 

Saiba que metodologias de aquisição e retenção de clientes revelam maior eficácia para o e-commerce. 

O mundo do marketing digital para e-commerce é emocionante. Esta plataforma serve como uma oportunidade singular de conectar-se com os consumidores. O e-commerce permite impulsionar o crescimento de um negócio.  

As pedras angulares do sucesso neste universo altamente competitivo e tão dinâmico são a aquisição e a retenção de clientes. Ora, quando se conseguem desenvolver estratégias eficazes de marketing digital e recorrer a esta plataforma é possível transformar meros visitantes em clientes fiéis. Por isso, consegue-se impulsionar o crescimento do negócio online de forma sustentável. 

10 estratégias de atração e retenção de clientes  

Desenvolver táticas inteligentes e inovadoras com o propósito de apresentar uma loja virtual pulsando com energia revela-se uma decisão bastante proveitosa.  

Cada interação revela-se uma oportunidade para criar um laço emocional com o seu público-alvo, conseguindo assim atrair os clientes, assegurando vendas consistentes. Além disso, consegue mantê-los, cultivando relacionamentos duradouros. 

Cada palavra aplicada e cada metodologia desenvolvida devem ser aplicadas com um intuito pré-definido. As estratégias devem ser elaboradas cuidadosamente para assegurar resultados tangíveis e mensuráveis. 

Reunimos um conjunto estratégias que se revelam das mais eficazes na aquisição e retenção de clientes. Estas metodologias capacitam o departamento de marketing a elevar o e-commerce para outros patamares, apresentando novos horizontes de sucesso. 

1. Realização da análise de dados do site 

A tomada de decisão deve ser baseada em dados. Este é um fator fundamental para negócios de diferentes segmentos. O mesmo acontece no e-commerce. As informações e insights obtidos devem ser usados para garantir que se tomem nos melhores caminhos. 

É importante trabalhar na análise de diferentes áreas, nomeadamente se um CTA na página de pagamento funciona. O mesmo pode ser feito para se descobrir qual é a melhor abordagem relativamente aos consumidores que se identificou que não finalizaram uma compra, ou seja, que abandonaram o carrinho. 

As decisões não devem ser tomadas de ânimo leve, por preferência ou “achismo”. As opções devem ter sempre por base a análise das informações que se têm. Quando estas são insuficientes, pode usar ferramentas como os testes A/B para ter respostas mais diretas e eficientes. 

O e-commerce requer a criação de uma cultura de constante análise de dados do site para que a performance possa melhorar, sempre. As ações e estratégias desenvolvidas devem apresentar uma tendência, procurar que haja sempre maior eficiência e melhores resultados na loja virtual. 

2. Interação nas redes sociais 

As redes sociais devem ser vistas como um canal de vendas. Uma loja virtual deve respeitar o fluxo do seu segmento. No entanto, as redes sociais devem ser vistas como uma das etapas de compra dos consumidores da loja virtual. 

Por vezes, dá-se a conhecer ao consumidor quais são os produtos da empresa nas redes sociais. No entanto, é possível levar isso a outro nível e estimular a conversão ali mesmo. O social commerce é um conceito cada vez mais popular por via dos consumidores se encontrarem constantemente nas redes sociais. Por isso, a interação nestas plataformas pode representar um aumento nas suas conversões. 

O desenvolvimento de uma experiência mais agradável, mais completa e mais integrada para os seus consumidores é benéfico. É possível cobrir uma variedade de perfis e de preferências explorando diversos canais, assegurando uma loja virtual com mais possibilidades de conversão. 

3. Promoção de campanhas de e-mail 

O e-mail marketing tem uma importância evidente. Esta estratégia permite que as marcas comuniquem com os clientes de modo direto e pessoal. Por isso, desenvolver campanhas específicas a partir do e-mail pode ter um papel fundamental.  

Há várias ações de e-mail marketing que geram um efeito positivo nos consumidores. As estratégias usadas não servem só para vender mais, também permitem criar uma relação próxima com o cliente. 

4. Desenvolvimento de uma logística reversa estratégica 

A logística do seu e-commerce pode ser muito eficiente para a redução de custos operacionais. Planificar de modo a realizar a logística reversa de forma mais prática revela-se importante e permite ao consumidor ter a possibilidade de devolver um produto com facilidade e de forma rápida.  

Esta realidade gera maior confiança. Por exemplo, se o produto chegar ao cliente com algum defeito ou com alguma diferença do que foi anunciado, deve conseguir facilmente fazer a troca do mesmo. 

Dar ao cliente uma experiência simplificada impede que o consumidor tenha de lidar com um problema marcante pela negativa, o que a acontecer fará com que ele perca a confiança. Os erros podem acontecer, mas convém assegurar todo o apoio para que eles não se revelem demasiado negativos aos olhos do consumidor. 

5. Elaboração de recompensas por indicações 

Fazer com que os clientes se sintam valorizados é uma estratégia de aproximar a sua marca dos consumidores. Assim, consegue-se aumentar a retenção dos consumidores.  

Investir em recompensas por indicações é uma metodologia muito simples, que consiste em beneficiar o cliente quando ele indica a loja a um amigo, familiar ou conhecido. Este procedimento é bastante eficaz. Há várias recompensas possíveis, nomeadamente oferecer um cupão, um desconto nos envios ou até mesmo um produto específico. 

6. Atendimento humano 

O conselho de uma pessoa experiente, conhecedora e simpática faz a diferença quando um consumidor tem uma dúvida. Embora o e-commerce possa oferecer duas opções, deve ser sempre disponibilizado atendimento humano. 

Apesar de atualmente se perceber que a Inteligência Artificial tem um papel importante e apresenta um espaço significativo em diferentes segmentos, para o e-commerce o atendimento humano continua a ser fundamental. 

7. Gestão eficiente do stock 

Não é só pelo que acontece nos pontos diretos de contacto com o público que vai comprar os seus produtos que deve passar a retenção de clientes num e-commerce. O backstage também é importante. A gestão do stock tem um papel determinante.  

O processo de organização dos produtos da empresa deve ser bem pensado. Essa etapa não pode prejudicar a experiência do cliente. Os clientes devem ser bem servidos. Também deve usar-se um método em que os custos sejam menores e o desperdício (de tempo e de recursos) seja reduzido ao máximo. 

8. Oferta de cupões 

A oferta de cupões de forma segmentada pode ser uma boa notícia para a sua loja virtual. Esta estratégia é simples e eficiente e permite estimular um cliente a fazer uma nova compra com descontos.  

O objetivo não deve ser oferecer às cegas. Convém enviar descontos, após analisar os dados recolhidos, e destiná-los a quem não finalizou uma compra, por exemplo. Também pode oferecer descontos a quem costuma realizar investimentos na loja, mas que se encontra há algum tempo sem fazer compras.  

O objetivo deve ser criar diferentes segmentações para que esses cupões sejam vistos como uma oferta especial, uma medida exclusiva e pessoal. Assim, aumenta a identificação do cliente com a marca e promove a oportunidade do cliente realizar a conversão. 

9. Entrega rápida 

Deve existir um investimento numa logística eficiente e rápida. Convém avaliar os fluxos de distribuição e agilizar o processo. A logística é importante. Administrar bem um e-commerce é essencial. Há que ser eficiente nas entregas, para conseguir a retenção de clientes.  

Ter fornecedores com boa reputação no mercado tem uma influência positiva. A agilidade deve ser assegurada, mas a transparência ao longo de todas as etapas também tem um papel crucial. Dar a conhecer o percurso do produto até este chegar ao seu destino é essencial. 

10. Experiência de unboxing 

Uma simples embalagem pode ser transformada numa estratégia de marketing para a sua loja. A experiência de unboxing consiste no momento em que o consumidor abre a encomenda e encontra o seu produto. Fazer com que o consumidor saiba que cada detalhe foi pensado para que o cliente tenha a maior satisfação é bastante relevante.  

Realizar um investimento em detalhes pode proporcionar esse sentimento. Há vários procedimentos que podem ser criados: apresentar uma carta de agradecimento escrita à mão; acrescentar um produto na embalagem, por exemplo;… revelam-se gestos que tocam e que ajudam a criar um vínculo com o cliente, na sua retenção. 

Se pretende assegurar o sucesso das suas estratégias para e-commerce, pode sempre contar com a experiência e know-how da BDCA Digital, uma empresa reconhecida como uma autoridade em tecnologia e marketing.  

A sua equipa de especialistas sabe como assegurar a eficácia das estratégias para e-commerce que pretende implementar. Portanto, poderá contar com um parceiro que tudo fará para garantir o sucesso da sua empresa!

Partilhe este artigo:

Artigos relacionados

Subscreva a nossa newsletter

Subscreva a nossa newsletter e receba dicas e novidades do mundo digital.