Estratégias de precificação para maximizar lucros no e-commerce 

Se quer que a sua empresa apresente lucros mais evidentes, deve pensar bem nas estratégias de precificação.

As estratégias de precificação são técnicas usadas para a definição do preço de um determinado produto ou serviço, algo que pode ser feito tanto nas lojas físicas, como no e-commerce.  

A precificação de produtos para a sua loja online consiste na definição de um preço de venda para os artigos que comercializa (SKU, isto é, Stock Keeping Unit, o que em português significa unidade de manutenção de stock). 

É importante ter um conhecimento desta área para escolher as opções que permitem gerar mais lucro para o negócio. Ora, para tal acontecer, é importante ter informações mais precisas sobre os consumidores e a procura desse produto. Com as estratégias de precificação, pode aumentar as oportunidades de apresentar um preço adequado.  

O desenvolvimento de uma boa estratégia de precificação cria um impacto tremendo na perceção da marca, volume de vendas, margens de lucro, fluxo de caixa. Por isso, pode ajudar a determinar o sucesso ou o insucesso de uma loja online.  

8 estratégias de precificação para maximizar lucros no e-commerce 

Numa loja online, é possível recorrer a várias estratégias de preços para aumentar as vendas e maximizar os lucros. Eis algumas das mais comuns (e eficazes). 

1. Apresentação de preços competitivos 

Acompanhar os preços da concorrência é fundamental. Ter esse conhecimento dos preços dos competidores é essencial, porque para os clientes o valor é um fator decisivo na compra. Qualquer empresa deve fazer por garantir que o preço do produto que coloca no mercado encontra-se na faixa competitiva, equiparando-se aos preços da concorrência. 

Determinadas marcas adotam uma estratégia simples, apostando em bater a concorrência num conjunto de produtos estratégicos. São os chamados KVI (Key Value Items, os produtos mais importantes). 

Um iPhone 14 pode revelar-se um exemplo de KVI. Trata-se de um produto que os utilizadores reconhecem e que facilmente comparam com a concorrência. Este produto serve de modelo para os consumidores percecionarem os valores da marca. 

Ora, se se revela competitiva nestes produtos, os clientes deduzem que o mesmo acontece com outros produtos. Ao assumirem essa visão, a probabilidade de comprar é superior. 

2. Sugestão de preços por pacotes 

Uma outra estratégia de preços pode passar pela criação de pacotes de produtos a preços mais baixos do que se fossem comprados separadamente. Os clientes podem perceber que estão a poupar dinheiro ao comprar um pacote completo de produtos, aumentando assim o valor da sua compra final.  

Além disso, os custos de produção e envio podem ser distribuídos por mais itens. Contudo, é importante que esta estratégia seja corretamente definida para não ter o efeito oposto. Idealmente, os produtos que constam do conjunto devem já ter bastante procura e ser complementares entre si. 

3. Recurso a preços sazonais 

Uma estratégia bastante eficiente consiste em planear preços consoante determinadas épocas para aproveitar datas específicas para vender certos produtos. Desta forma, a Black Friday, o Natal, o Dia da Mãe ou o Dia do Pai podem servir de exemplo de datas que são excelentes oportunidades para vender produtos específicos.  

Nestas datas especiais, os consumidores apresentam-se à procura de promoções e descontos. Se a sua loja apresenta valores mais atrativos, eles vão querer aproveitar. Ter a memória de encontrá-los na sua loja virtual fará com que regressem noutras alturas. 

4. Proposta de preços de fidelização 

Outra estratégia de preços frequente e eficiente consiste na oferta de preços especiais para clientes fiéis. Naturalmente, beneficiar da fidelização é boa estratégia para todos. Um cliente sente-se valorizado e, por isso, tende a gastar mais.  

A estratégia de acumulação de pontos ou de desconto progressivo consoante a quantidade de itens é uma boa estratégia que permite valorizar os clientes mais fiéis, levando-os a realizar compras recorrentes e a criar uma boa imagem que os leve a recomendar a amigos e a familiares a experiência de comprar na sua loja. 

5. Sugestão de preços dinâmicos 

É importante apresentar uma estratégia de preços dinâmica e flexível. É sensato considerar os períodos de maior procura para fazer um ajuste dos preços para cima, enquanto se pode ter a estratégia de baixar os preços nos períodos de menor procura para se poder atrair mais clientes.  

Noutros contextos, em que se necessite de escoar stock, poderá ser necessário fazer um ajuste nos valores, reduzindo os preços para impedir o prejuízo que representaria ter de descartar produtos inutilizados ou fora de prazo.  

Esta estratégia, conhecida por preços dinâmicos, é bastante útil e é frequentemente adotada por muitas empresas, nomeadamente por companhias aéreas. No entanto, Booking ou Amazon são outro tipo de empresas conhecidas por fazerem constantemente este ajuste do preço. 

6. Desenho de preços psicológicos 

No momento de definir a estratégia de preços, é fundamental ter em consideração o modo como o cliente vai percecionar os valores destinados aos produtos e serviços. É uma tática conhecida apresentar preços que terminam em números ímpares. Por exemplo, preços de artigos a 9, 99 ou 999, tendencialmente, apresentam uma taxa de conversão mais elevada. 

Desta forma, no momento de definir um preço, em vez de €200, opte por €199. Revela-se uma boa estratégia porque, apesar de a diferença ser residual entre os dois valores, o custo da primeira opção cria a sensação de que o produto é mais barato. Por isso, a probabilidade de o cliente concluir a compra é maior.  

Apesar desta estratégia de preço não ser um método recente, continua a ser muito usada no retalho, porque resulta, cria um impacto positivo nos consumidores e gera uma influência nos instantes que antecedem a compra. 

7. Exposição dos preços de envio 

Outra estratégia de preços bastante eficaz para e-commerce consiste na oferta de portes de envio. Este método resulta por diversas razões. Uma das principais barreiras no momento de fazer uma compra online está no facto dos clientes consideram os portes de envio um custo suplementar, porque por vezes podem ter o produto numa loja física, sem pagar esse valor.  

Desta forma, a oferta dos portes de envio revela-se frequentemente uma estratégia que pode ter um impacto decisivo para a realização da compra. Além disso, outro procedimento sensato consiste em determinar um valor mínimo de compra a partir do qual os portes são oferecidos. 

Este método revela-se bastante eficaz, porque consegue convencer os clientes a fazerem mais compras para poderem atingir o valor indicado, de forma a conseguirem beneficiar da oferta. 

8. Promoção de preços de lançamento 

Quando um novo produto é lançado, há boas expectativas. Logo, uma forma eficaz de incentivar os clientes à compra consiste em definir preços especiais para esses momentos.  

Desta forma, motiva-se os clientes a experimentarem e a gerarem notoriedade. Algumas marcas tendem a definir preços mais baixos no momento de lançarem novidades, para posteriormente começarem a aumentá-los à medida que o produto fica mais conhecido.  

A Netflix serve de exemplo de um sucesso que recorreu a esta estratégia (embora muitas outras marcas inovadoras tenham feito o mesmo). Como se sabe, posteriormente, a Netflix aumentou os valores do produto.  

No entanto, esta estratégia deve ser planeada com cautela para não ter de lidar com consumidores a subestimarem os produtos ou os serviços por percecionem que os mesmos são de baixa qualidade. 

Parceiro digital, BDCA Digital 

Ter um parceiro digital como a BDCA Digital, uma agência reconhecida na área do marketing digital e das tecnologias revela-se uma estratégia que pode fazer com que a sua empresa se distinga num universo extremamente competitivo.  

O know-how da agência permite a qualquer empresa emergir como uma autoridade no mercado onde atua, porque poderá montar um plano e implementar as estratégias mais adequadas. 

Partilhe este artigo:

Artigos relacionados

Subscreva a nossa newsletter

Subscreva a nossa newsletter e receba dicas e novidades do mundo digital.